4º Miniconto: Destinos Paralelos

DeStInOs PaRaLeLos

Não posso perder mais tempo, não suportaria mais um minuto sozinha, sem você ao meu lado, sem seus beijos e seu corpo. Por isso me arrumo. Uso a blusa verde que me deu junto à saia jeans de sempre, procuro o homem que perdi, que deixei escapar. Busco o beijo que sonhei o suor de nossos dias, preciso de você, tenho a necessidade de seu suor, de suas unhas encravadas em minhas costas de seu cheiro de camomila. Visto a sua pólo favorita, o jeans surrado de sempre e meu Nike. Não sei onde você está. Bato na porta de seu apartamento, dizem que você se mudou, me dizem que você foi embora ontem, usava malas. Como posso ter te perdido por tão pouco? Não te encontro em qualquer lugar, vomito palavras para os seus vizinhos, a boatos que te viram na estação, a boatos de que não vai mais voltar. Ele não atende, nem minhas ligações, ele fugiu de mim. Ela não me deixou seu numero, não me deu o celular, não posso acreditar que a perdi para sempre. Então vou embora, seja o caminho que percorri, se não gosta de mim a ponto de se mudar eu vou embora.

Adeus.

Autor: Felipo Bellini                        Dia: 19/06/2011                         Objetivo: Postar no Blog
1