38º miniconto - Treze

Treze


Um número, uma verdade, uma doença...
Muitos dizem que sou louco pela minha certeza. Tolos, eu não sou fraco, sou precavido, precavido pelo pecado que me espreita, pela certeza de que o demônio me quer, pelo medo de que ele consuma minha alma.
Não sou estúpido, não sou louco, apenas noto quando os números aparecem, que o maldito me acompanha, cansando o meu corpo, oferecendo a eternidade, eternidade em desespero.
Não, não o quero! Então, mesmo perdendo eu aposto em outro numero, pois o maldito treze não vai me convencer e o inferno vai continuar lá, quieto, apenas me espreitando, mas sem me fazer sucumbir!

Autor: Felipo Bellini    Criação:02/08/2009   Objetivo: Minicontos do Estronho 


Confira meu último miniconto: Momentos Músicais
0