Pages - Menu

17 de fev de 2012

1ª Criticando Cinema: UP – Altas Aventuras de um vovô herói


Olá pessoal eu me chamo Anderson Ricardo e sou o autor do AluadoBlog, então a partir de hoje teremos aqui no Ligados a coluna “Criticando Cinema”, onde eu vou falar sobre novos e velhos filmes que valem a pena serem assistidos.


Up- Altas aventuras: Conta a história de Carl Fredricksen, um velho rabugento que após uma série de desventuras resolve mudar sua casa de uma cidadezinha dos EUA para uma cachoeira na América do Sul. Só que Carl acaba levando por acidente, o pequeno escoteiro Russel e os dois embarcam juntos numa grande aventura dentro da floresta amazônica.

Para começar a minha coluna de cinema aqui no Ligados eu resolvi falar de “UP – Altas Aventuras”. Ao rever o filme fiquei com medo de escrever essa coluna, pois ainda estava sob efeito do mesmo e considerei ser precipitado, na empolgação, dizer que este era a melhor animação que já vi. Mas que se dane, depois de umas noites de sono eu ainda estou com isso na cabeça, sim, “UP – Altas Aventuras” é a melhor animação já produzida.

Após afirmar, me bateu um remorso e fiquei me perguntando se “UP” é melhor do que “Wall-E”, “RATATOUILLE” e “TOY STORY 3”(as melhores animações da empresa), e eu respondo que sim, mesmo que eu não goste deste tipo de competição. Claro que é preciso dizer que os trabalhos são extraordinários na técnica aplicada na animação e na história narrada. Entretanto “UP” supera os seus irmãos mais velhos ao ser mais simples, singelo e apresentar sentimentos (mais) primordiais ao ser humano, além de alternar com maestria entre o riso e o choro, sim, ninguém consegue ver este filme sem chorar, com apenas dez minutos de projeção.

Eu lembro que o filme "Procurando Nemo" também teve um começo bem ousado. Se não me engano, logo no início, o personagem principal perde de uma vez a companheira e toda a sua futura ninhada, com exceção de um único ovo, que se tornaria o seu filho superprotegido. Foi o início mais dramático que eu já tinha visto em um desenho, mas naquela época a Pixar quis suavizar as coisas. Tudo acontece de uma forma em que percebemos a tragédia, mas a suavização no jeito de contar impede que o acontecimento afete os nossos sentimentos a ponto de provocar lágrimas.

Mas, em “UP” a intenção da Pixar parece ser totalmente ao contrário. Com três minutos de filme, conhecemos uma personagem tão encantadora que ela não precisa de mais dois minutos para conquistar os nossos corações, tamanha é a sua simpatia e encanto. Só que, menos de cinco minutos depois disso, a luz dela se apaga. Mas depois que nos apaixonamos por ela é impossível não sentir o impacto da cena.

Realmente quando a Pixar põe a mão na massa, pode contar que vem aí um produto de muita qualidade. (se bem que Carros 2 não foi tão bom) Até por que ela não esta fazendo filme pra criança, eu vejo que em todas as suas histórias a Pixar aposta na narrativa e no carisma de seus personagens, ela não se importa se a criança vai entender ou não o contexto da obra. A Pixar chegou pra ficar e mostrar que desenho animado não é só pra crianças, mas sim para toda a família e pode ser visto como um filme completo. E para mim, “UP” é a melhor representante da casa.

Na versão brasileira do filme temos a voz do mestre do humor Chico Anysio que dá um banho na dublagem de Carl Fredricksen (o protagonista), junto com o seu filho Nizo Neto, que empresta a voz para o cão Dug. Os diretores são Pete Docter (de Monstros S.A.) e Bob Peterson, desenhista dos dois primeiros Toy Story e co-roteirista de Procurando Nemo. Então se você procura um filme engraçado e com emoção “UP” é a melhor pedida. É realmente incrível, e se quiser adquirir essa obra única do cinema, clique aqui para comprar o DVD, está muito barato, vale muito a pena ter esse filme da Disney em sua coleção.

Curiosidades: Inspirado nesse Filme, um casal norte americano fez um ensaio de comemoração de 2 anos de casamento, que na minha opnião ficou incrível... Quem quiser conferir e se inspirar com os sentimentos bons que esse filme traz é só clicar aqui e olhar a matéria completa !!!!


Então, Até a proxima Coluna Criticando Cinema...

Por: Anderson Ricardo da Silva
Em: 17/02/2012
Objetivo: www. LigadosFM.com
Postar um comentário