Pages - Menu

13 de fev de 2012

9ª Coluna Esportiva - Cinema e Esporte: uma tabelinha de placa

Cinema e Esporte: uma tabelinha de placa

Boa tarde, Leitores!

Semana passada eu estava conversando com um amigo sobre inúmeros assuntos. De uma hora para outra ele me disse: Rany, sem pensar, me diga cinco filmes que retratam esportes e, pra você, passam alguma mensagem importante. Confesso que inúmeros filmes me vieram à mente. Mas eu consegui, vamos dizer, ter o prazer em escolher cinco deles que me marcaram muito.

Não os escolhi apenas por se referirem ao esporte, a minha paixão. Mas principalmente por retratarem de maneira tão LÚCIDA “N” aspectos do nosso cotidiano, das nossas vidas. Aspectos esses que resolvi compartilhar com vocês. Não precisa se vincular ao título e a sinopse do filme. Se puderem baixar, faça-o. A minha intenção esta semana é a de mostrar a vocês que Esporte/Filme podem fazer uma tabelinha legal e competente.

Esses são os cinco que mais me marcaram. Devido ao aspecto motivacional, social, desportista, REAL e verdadeiro. Essa é a minha mensagem para todos vocês essa semana.

Baixem e assistam. E por favor, não fiquem presos apenas ao filme. Se puderem buscar maiores informações sobre os filmes, façam-no. Após isso, vocês podem pegar cada informação que podem ser levadas para as suas vidas. Assim como eu fiz.

Digamos que é o meu presente para todos vocês.

OBS: Lembrando que 75% deles foram feitos através de fatos verídicos.


Coach Carter - Treino para a Vida

Atores: Samuel L. Jackson, Rob Brown, Robert Ri'chard, Rick Gonzalez.

SINOPSE

Richmond, Califórnia, 1999. O dono de uma loja de artigos esportivos, Ken Carter (Samuel L. Jackson), aceita ser o técnico de basquete de sua antiga escola, onde conseguiu recordes e que fica em uma área pobre da cidade. Para surpresa de muitos ele impõe um rígido regime, em que os alunos que queriam participar do time tinham de assinar um contrato que incluía um comportamento respeitoso, modo adequado de se vestir e ter boas notas em todas as matérias. A resistência inicial dos jovens acaba e o time sob o comando de Carter vai se tornando imbatível. Quando o comportamento do time fica muito abaixo do desejável Carter descobre que muitos dos seus jogadores estão tendo um desempenho muito fraco nas salas de aula. Assim Carter toma uma atitude que espanta o time, o colégio e a comunidade.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/coach-carter/

Jamaica abaixo de zero

Atores: Leon, Doug E. Doug, Rawle D. Lewis, Malik Yoba.

SINOPSE

Nas Olimpíadas Irwin Flitzer (John Candy) desgraçou a si mesmo quando colocou pesos extras no seu time de trenó, fazendo com que ele tivesse de devolver sua medalha de ouro. Alguns anos depois, Derice Bannock (Leon), um jamaicano filho de um antigo amigo de Irwin, fracassa para se classificar como velocista para a prova de 100 metros nas Olimpíadas, por causa de um estúpido acidente. Mas quando Derice descobre que Flitzer também vive na Jamaica, ele decide ir para as Olimpíadas de qualquer jeito, não como um corredor mas liderando uma equipe de trenó. Após alguns problemas iniciais, é então formada a primeira equipe de trenó da Jamaica, que ruma para Calgary, Canadá, onde se realizam os Jogos de Inverno. Em uma temperatura bastante baixa, Derice, Sanka (Doug E. Doug), Junior (Rawle D. Lewis) e Yul (Malik Yoba) são zombados por todos, pois ninguém imagina que um time de trenó da Jamaica comandado por um treinador desacreditado seja sério. Mas uma equipe cheia de autoconfiança pode causar surpresas nos Jogos que estão por vir.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/jamaica-abaixo-de-zero/

Estrada para a Glória

SINOPSE

Filme baseado em uma história real que trata de vitórias adversas e também da questão do preconceito racial em uma época difícil nos Estados Unidos, ainda mais no conservador estado do Texas, sempre relacionado a ideais racistas de direita. Em 1966, Don Hanskins (Josh Lucas de Lar, Doce Lar), um técnico branco de basquete, começa a procurar talentos para formar um time. Ele não está preocupado com a cor da pele de seus jogadores, mas sim com o quanto eles podem render em quadra. Dessa forma, convoca sete garotos negros e 5 brancos para montar seu time. Em uma acirrada disputa pela liga amadora, ele mostra que seu time tem qualidades dentro das quadras (ao derrotar os principais adversários) e fora dela (ao saber lidar com o terrível preconceito local). Assim, eles vão enfrentando juntos algumas dificuldades e superando todas, até chegar à grande final e se tornar o primeiro time do estado a ganhar o campeonato com apenas garotos negros como titulares. A produção conta com boas atuações e uma recreação fiel do episódio, além de mostrar uma história de superação de limites e do orgulho de se conquistar o respeito pelo que se é acima de qualquer outra coisa.

Fonte: http://www.interfilmes.com/filme_15893_estrada.para.a.gloria.html


Invictus

Atores: Morgan Freeman, Matt Damon, Tony Kgoroge, Patrick Mofokeng.

SINOPSE

Recentemente eleito presidente, Nelson Mandela (Morgan Freeman) tinha consciência que a África do Sul continuava sendo um país racista e economicamente dividido, em decorrência do apartheid. A proximidade da Copa do Mundo de Rúgbi, pela primeira vez realizada no país, fez com que Mandela resolvesse usar o esporte para unir a população. Para tanto chama para uma reunião Francois Pienaar (Matt Damon), capitão da equipe sul-africana, e o incentiva para que a seleção nacional seja campeã.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/invictus/

Um Sonho Possível

SINOPSE

Michael Oher (Quinton Aaron) era um jovem negro, filho de uma mãe viciada e não tinha onde morar. Com boa vocação para os esportes, um dia ele foi avistado pela família de Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock), andando em direção ao estádio da escola para poder dormir longe da chuva. Ao ser convidado para passar uma noite na casa dos milionários, Michael não tinha ideia que aquele dia iria mudar para sempre a sua vida, tornando-se mais tarde um astro do futebol americano.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/um-sonho-possivel/


Amigos leitores. Não posso passar toda a emoção que sinto quando assisto aos filmes supracitados. No entanto, o único “bem” que devo retratar a sociedade é o de que cada um deles (filmes) nos passa ideias totalmente a serem repensadas. Fatos que podem nos tornar pessoas melhores em nosso dia-a-dia. Cenas que nos deixam com vontade de dizer: poxa! Como isso pode me ajudar pra caramba. É a nossa vida ali. São os nossos desejos e sonhos. É a nossa essência como ser humano.


Por: Raniery Maciel Vítor Medeiros. Em: 13/02/2012. Objetivo: www.ligadosfm.com

Este texto pertence ao blog Ligados FM - Confira: http://www.ligadosfm.com/#axzz1mE8jqRjf

Confira meu último trabalho: http://www.ligadosfm.com/2012/02/8-coluna-esportiva-bagunca-futebol.html#axzz1mE8jqRjf



Postar um comentário