22ª Resenha Crítica - Freakonomics e Superfreakonomics




Olá, leitores. Estou um pouco atrasado para meu post - que deveria ter sido publicado ontem. Peço-lhes mil desculpas. Este final de semana foi corrido. Falarei brevemente hoje sobre a edição especial Freakonomics + Superfreakonomics (de autoria de Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner), uma famosa série de livros que nos apresenta, com uma linguagem simples e sem tecnicismos desnecessários, o olhar da microeconomia sobre temas inusitados.

O que professores e lutadores de sumô tem em comum? Qual é a relação entre a Ku Klux Klan e corretores de imóveis? Batizar seu filho como Winner é garantia de que ele será um vencedor no futuro? Por que homens-bomba devem ter seguro de vida? Por que prostitutas são como Papais Noéis de shopping? O que é mais perigoso de se ter em casa: uma arma ou uma piscina? Todas estas perguntas aparentemente sem sentido e sem resposta são respondidas no livro de forma bem satisfatória e bem humorada, sempre explorando diversos pontos de vista dentro do próprio campo de estudo da ciência econômica. Avançando na leitura, a visão que temos sobre esses assuntos vão se modificando. 

O livro traz importantes fatos e incita reflexões sobre trapaça, criminalidade, manipulação de informação, baleias, aquecimento global, entre outros assuntos. É um exercício de pensamento contra-intuitivo bem como uma introdução "light" à microeconomia. Ouvi de estudantes de Economia que o livro muito lhes ajudou na disciplina de microeconomia e eu acredito em seus depoimentos. Isso me leva a crer, portanto, que é uma ótima obra popular de introdução à microeconomia, com exemplos reais e de fácil leitura.

O que mais gostei foi a forma ousada de tratar certos assuntos, que muitos considerariam politicamente incorreto ou ofensivo, embora eu não o veja dessa forma. Na minha visão, o rigor científico prevaleceu, mesmo indo contra alguns sistemas de valores, mas de forma alguma servindo como de uma crítica direcionada. Afinal, o ponto de vista do livro é essencialmente econômico. Trata-se de incentivos e resultados, acima de tudo. Se há algo além disso, é muito pouco.

Em especial, me chamou a atenção o capítulo sobre os lutas de sumô e irregularidades em avaliações escolares. É uma surpresa para mim que seja tão previsível e detectável uma malandragem. O "jeitinho brasileiro" se encaixa bem nesse capítulo e bem merecia um dia ser alvo de investigação de Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner. A corrupção por estas bandas, igualmente.  

O que faltou em algumas partes foi uma explicitação clara de como algumas visões sobre determinados assuntos foram refutadas, ou sobre como se forma uma ou outra relação causal. Isso fez com que eu olhasse partes específicas do livro com um certo ceticismo, mas de forma alguma tirou da obra o seu mérito como um todo.

Nessa edição ampliada, inclui-se notas dos autores, bem como diversos apêndices que temperam e apimentam o que por si só é uma experiência saborosa. 

No Submarino, o livro está quase de graça: R$ 29,90! Clique aqui agora para comprar! Vai perder a chance? 

Autor: André Marinho | Criação: 14/05/2012 | Objetivo: www.ligadosfm.com
0