11ª Criticando Cinema: Por que nós caímos, mestre Bruce? Para aprendermos a levantar.

Olá pessoal, o Criticando Cinema de hoje vai aproveitar a estréia de The Dark Knight Rises (Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge) e vai falar de Batman Begins o filme que deu origem a Trilogia criada por Christopher Nolan e que se encerra hoje nos cinemas.

Sinopse: Marcado pelo assassinato de seus pais quando ainda era criança, o milionário Bruce Wayne (Christian Bale) decide viajar pelo mundo em busca de encontrar meios que lhe permitam combater a injustiça e provocar medo em seus adversários. Após retornar a Gotham City, sua cidade-natal, ele idealiza seu alter-ego: Batman, um justiceiro mascarado que usa força, inteligência e um arsenal tecnológico para combater o crime.

Enredo: O filme reconta a história de Bruce Wayne, intercalando o presente do jovem bilionário, então prisioneiro de uma penitenciária no Butão, com seu passado, a infância na mansão Wayne, lar de seus pais, o doutor Thomas e a senhora Martha Wayne, prósperos herdeiros da fortuna da mais tradicional família de Gotham City que usam sua influência e fortuna em nome da filantropia até serem brutalmente assassinados durante um assalto na saída de uma peça de teatro e como esse episódio traumatizou o jovem Bruce a ponto de gerar sua obsessão com a vingança.

Resenha: A primeira vez que eu ouvi falar de que estavam fazendo um reboot do Batman, a primeira coisa que me veio à cabeça foi: “Será que vão acertar dessa vez?” Mas, quando eu soube que o filme estaria a cargo do Christopher Nolan eu meio que respirei aliviado, pois sabia que ele podia fazer algo interessante com o Batman. Confesso que um dos meus medos era o Batmóvel. Quando vi as primeiras fotos, eu achei horrível, afinal, ele estava mais para o tanque de guerra do que um Batmóvel.

Mas, quando aquele carro/tanque entrou em ação (diga-se de passagem, uma das melhores sequências do filme) eu vibrei em casa gritando feito um maluco “ISSO SIM É UM BATMÓVEL” (Minha mãe nessa hora ligando pro Medico), todos os meus temores foram embora depois disso e eu curti o filme. Mas a única coisa que não gostei muito foi como as cenas de lutas foram gravadas, pois foram filmadas usando as câmeras tremidas e em planos fechados, numa edição bem rápida, onde fica difícil saber direito o que está acontecendo.

O filme tem uma fotografia muito bem retratada e ajudando bastante a manter o clima de medo que temos na história, outra coisa que se destaca é a trilha sonora muito bem conduzida pelos mestres Hans Zimmer e James Newton Howard que ditam totalmente esse novo clima proposto nesse novo Batman.

Outra coisa que vale ressaltar é a escolha do elenco que se encaixou perfeitamente nos personagens, temos um Michael Caine que dá uma cara nova ao mordomo Alfred (substituindo Michael Gough, único ator que fora titular nas quatro produções anteriores), temos um novo tenente James Gordon (num futuro próximo comissário Gordon) interpretado por Gary Oldman, vale ressaltar que nesse filme o Gordon tem um papel mais relevante de parceria com o Batman, coisa que nos filmes anteriores não tinha e o Gordon era retratado como um palerma, mas enfim voltando aos atores temos a atriz Katie Holmes que interpreta Rachel Dawes, amiga de infância de Bruce que, adulta, vira promotora e se transforma num pesadelo para os mafiosos de Gotham.

Temos também Morgan Freeman que interpreta Lucius Fox um grande amigo e aliado do Batman, os antagonistas do filme são muito interpretados por Liam Neeson, Ken Watanabe e Cillian Murphy respectivamente nos papeis de Henry Ducard, Rha's Al Ghul e Jonathan Crane, o Espantalho e pra finalizar temos Christian Bale no papel de Bruce Wayne/Batman o que pra mim foi uma escolha perfeita pois o Bale soube interpretar com maestria os aspectos da persona atormentada que é o Bruce.

Então para finalizar o Criticando Cinema de hoje eu deixo uma citação do filme dita pelo personagem Alfred e que dá titulo a coluna de hoje e que por sinal tem uma ponte direta com o tema central de “The Dark Knight Rises

“Por que nós caímos, mestre Bruce? Para aprendermos a levantar.” 

- Alfred  

Por: Anderson Ricardo
Em: 27/07/2012
Objetivo: LigadosFM
0